Um ano sem David Bowie: Como Dave Grohl apresentou o universo grunge a Bowie?
Em 10/01/17 às 15:21 Por: Daiv Eickhoff | David Bowie, Foo Fighters, Yeah Notícias

david-bowie-50

Estamos nos ajustando ao mundo da música sem David Bowie há um ano e, por anos, nos ajustamos a muitas das mudanças de Bowie, mas esta foi e sempre será a mais difícil.

Depois de todos esses anos, ainda é difícil definir ou categorizar a produção musical de Bowie. Já que ele não esteve conosco para celebrar seus 70 anos no último domingo, vamos relembrar a memorável comemoração de seu aniversário de 50 anos no Madison Square Garden.

>>> Um ano sem David Bowie: Assista a “The Last Five Years”, novo documentário da BBC

>>> Um ano sem David Bowie: Assista ao novo videoclipe “No Plan”

>>> Um ano sem David Bowie: Repasse toda a carreira do cantor em um vídeo de animação

>>> Um ano sem David Bowie: A esposa Iman faz homenagem nas redes sociais

Em 7 de janeiro de 1997 rolou um show que contou com algumas das maiores estrelas do rock alternativo. Nomes como Foo Fighters, Sonic Youth, Billy Corgan (Smashing Pumpkins), Frank Black (Pixies), Robert Smith (The Cure) e até mesmo o amigo Lou Reed juntaram-se a Bowie no palco, que vivia uma fase bem “alternativa” a cargo dos álbuns “Outside” e “Earthling”, dois trabalhos com tons eletrônicos e sintetizadores.

Quem foi o responsável por conectar Bowie a este mundo do rock alternativo foi Dave Grohl, que à época começava a desfrutar de algum reconhecimento por seu trabalho com o Foo Fighters. Vamos conferir alguns vídeos deste show especial:

Bowie + Frank Black – Scary Monsters/Fashion

Ambas as canções lançadas em 1980 ganharam uma nova visão de rock alternativo, com guitarras altamente estridentes, que intensificam o ritmo e fazem com que o vocalista do Pixies, Frank Black, se sinta em casa. Bowie raramente usava distorção, mas ao longo deste concerto em especial, sua banda fez muito uso deste artifício.

Bowie + Foo Fighters – Hallo Space Boy

O som do Foo Fighters surge aqui com dois bateristas – sendo um deles o próprio Dave Grohl, que não tinha perdido a força desde seus tempos de Nirvana. Mas é Bowie que impressiona com a música mais agressiva de sua carreira.

Bowie solo – The Man Who Sold the World

Depois do Nirvana ressuscitar “The Man Who Sold The World” em seu MTV Unplugged, a faixa gravada originalmente em 1970 ganhou a companhia de Dave Grohl na guitarra e a longa jam entre Bowie e Grohl ao final emociona.

Bowie + Robert Smith – The Last Thing You Do/Quicksand

Aqui, Bowie é ajudado pelo líder do The Cure, Robert Smith. Suas vozes correspondem naturalmente, e trazem uma performance moderada, mas de alguma forma ainda emocional, especialmente em “Quicksand”.

Bowie + Sonic Youth – I’m Afraid of Americans

Um dos hits alternativos de Bowie nos anos 90 ganha a companhia do Sonic Youth. O cantor nunca tinha ido tão longe em suas experimentações.

Bowie + Billy Corgan – All the Young Dudes/Jean Genie

“Moonage Daydream” é um ótimo exemplo de como Bowie utilizava a força do grunge em suas canções antes mesmo do movimento existir. Billy Corgan empresta seu brilho a “All the Young Dudes”, que salvou a carreira do Mott the Hoople em 1974.

Bowie + Lou Reed – Queen Bitch

Dispensa comentários…

Bowie solo – Space Oddity

Foi um prazer ter Bowie abraçando o grunge ao longo deste concerto. Sua transformação aqui mais uma vez provou que ele tinha confiança para desafiar seus fãs com sons frescos. A última música do show desnudava o cantor e o mostrava acompanhado apenas de seu violão.

Nós nunca seremos capazes de reivindicar o direito de David Bowie ser um dos “nossos” ídolos do grunge, mas naquela noite, há 20 anos, ele era o centro do rock alternativo.

COMENTÁRIOS
Relacionados Recentes
Em 22/02/17 às 20:19 Por: Mari Pacheco | David Bowie, Yeah Notícias
"Se David Bowie pudesse estar aqui nessa noite, ele provavelmente não estaria aqui," disse Michael C Hall.
Em 22/02/17 às 11:36 Por: Mari Pacheco | David Bowie, Yeah Notícias
Se erguido, o grande raio será financiado através de crowdfunding.
Em 17/02/17 às 14:09 Por: Mari Pacheco | David Bowie, Yeah Notícias
Filme é comporto de entrevistas e imagens de making of.
Em 07/02/17 às 12:05 Por: Mari Pacheco | David Bowie, Yeah Notícias
Versão CD chegará as lojas primeiro, no próximo dia 24.
Em 05/02/17 às 20:28 Por: Daiv Eickhoff | David Bowie, Yeah Notícias
Filme de 1976 foi restaurado e está de volta aos cinemas no Reino Unido.
ShopLine